quinta-feira, 24 de junho de 2010

Acabou-se. Tão cedo isto não se repete.

É oficial, estou a envelhecer. (Mas, até agora nem uma branca. Yeah! E, por via das dúvidas, já conferi três vezes.) Estou tão feliz por completar 25 Verões... Ui! Nem imaginam. Basicamente os 25 são iguais aos 24, mas aproximam-se mais dos 30. E ninguém, mas ninguém me tira da ideia que isto agora é um tirinho. Pumba! Quando der conta estou nos 30. Não me sinto preparada para tal e portanto decidi que, a partir de agora não faço mais anos. Por mim chega, estou muito bem aqui nos 25. Não percebo porque é que temos de fazer anos todos os anos. Devia ser quando estivessemos preparados a passar ao nível seguinte. O pessoal fazia umas provas e era ou não aprovado. Não sei, digo eu com os nervos.


Uma das recordações que vai ficar deste aniversário será o bolo e as velas mais originais de sempre: um pastel de nata e dois fósforos! E não me venham cá com coisas como, "Ah! Quantas vezes já usámos fósforos em vez de velas." ou "Bolos improvisados? Quantas vezes.". Não quero saber. O meu era melhor, muito melhor. Gostei muito.







Diana

1 comentário:

Petra disse...

Gostei especialmente da ideia das "provas"! Subscrevo completamente, o tempo passa e não perdoa!
Desculpa a intromissão :)